/ Economia

Oito dicas para comprar imóveis como investimento

26/02/2016 10h43 Atualizado em 26/02/2016 10h53

8 dicas para comprar imóveis como investimento

Um estudo divulgado, em 2015, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em parceria com o portal Zap, aponta que 30% das pessoas que já compraram algum imóvel realizaram a transação como investimento.

O setor imobiliário costuma atrair investidores com um perfil mais tradicional, em busca de rentabilidade e segurança. E em época de contração da economia, isso reflete diretamente nas decisões do comprador, já que esse tipo de investimento permanece como um dos mais estáveis e que proporcionam  retorno da aplicação financeira. Veja dicas de especialistas para interessados em começar a investir no setor.

1. Procure um corretor

Para quem busca imóvel como uma maneira de conseguir uma renda extra, é importante procurar um corretor para saber quais são os imóveis que conciliem valorização, liquidez e valor rentável de locação. Por terem conhecimento do perfil e potencial de cada região, a ajuda de um profissional local pode ser determinante para encontrar uma propriedade que se enquadre no perfil do investidor.

2. Conheça o histórico da construtora

Para evitar futuras dores de cabeça, ao escolher um imóvel, não basta checar apenas o apartamento em que se tem interesse. “É fundamental conhecer o histórico da construtora. Pesquise os últimos empreendimentos, verifique se eles foram entregues no prazo, os materiais aplicados na construção”, orienta Murilo Souza, gerente de vendas de uma construtora de João Pessoa.  

3. Imóveis na planta são um bom investimento

“Imóveis ainda na planta, quase sempre, apresentam mais opções de escolha e um preço melhor do que imóveis já concluídos”, explica João Pina Ferreira, diretor de uma construtora de João Pessoa. À medida que a obra ganha forma, ela tende a ser cada vez mais procurada. 

4. Apartamentos pequenos têm mais demanda

Imóveis pequenos, especialmente se bem localizados, costumam ser locados mais rapidamente. Apartamentos de um ou dos quartos são opções interessantes para quem deseja investir em residenciais.

5. Conheça a vizinhança

Fatores como a infraestrutura do bairro são fundamentais para a valorização do imóvel.  Murilo Souza salienta que é sempre bom morar perto de serviços como academias, escolas, padarias, mas para garantir a tranquilidade, o ideal é que eles fiquem a duas ou três quadras de distância.

6. Localização é fundamental

Ao comprar um endereço residencial, comercial ou misto – que une os dois conceitos em um só empreendimento -, a localização ideal é a que não precise de explicações de como chegar e, em áreas litorâneas, um diferencial é estar à beira-mar. “As principais vantagens são a comodidade, segurança, praticidade e a valorização do investimento”, afirma João Pina Ferreira.

7.  Áreas comuns valorizam o imóvel

Comprar um apartamento que a construtora entregue as áreas comuns do prédio já decoradas e mobiliadas é outro fator que contribui para a valorização do imóvel. “Normalmente, demora-se até dois anos para os condomínios se organizarem e decidirem o que vai ser feito na área. Para investidores que querem alugar ou revender, é interessante que esses espaços já estejam prontos”, aconselha Murilo Souza.

8. Volte o olhar para regiões em valorização

 

A região do Litoral Norte da Paraíba, por exemplo, está em grande processo de valorização com a construção da ponte que liga Lucena a Cabedelo. Segundo o presidente da Associação Amigos do Litoral Norte, Selmo Lima, algumas empresas do ramo imobiliário já preveem um amplo desenvolvimento das cidades. A expectativa é que os imóveis na região tripliquem seus valores assim que os primeiros projetos de infraestrutura estiverem em andamento.

 

Com assessoria.

Por Redação Portal Tambaú 247


Ver todas

Veja Também